apócrifos

Quem é protestante alguma vez na vida já deve ter ouvido falar sobre os livros apócrifos e se perguntado o que são esses livros.

Os livros apócrifos são livros que não faziam parte do Cânon (livros inspirados por Deus), não negamos que sejam uma fonte interessante de conhecimento histórico, porém não acreditamos que sejam inspirados, esta palavra vem do Grego apocrypha, significa “oculto” ou “difícil de entender” A Igreja católica, no entanto acredita nesses livros e os chamam de livro Deuterôcanonicos. No concilio de Trento a Igreja católica impôs a crença desses livros e quem se rebelasse seria amaldiçoado.

Lembremos de que os livros apócrifos sustentam algumas das heresias realizadas pela igreja católica como dar esmolas purifica o pecado, orações pelos mortos, existência do purgatório, etc… Foi aprovado pela Igreja Católica em 08 de Abril de 1546 com o objetivo de combater a Reforma protestante, nessa época os cristãos protestantes eram cristãos mesmo, combatiam com toda a força as doutrinas da Igreja Católica.

Mas o porque então rejeitamos os apócrifos?

  • Como foi dito acima os livros apócrifos sustentam heresias, veremos quais são elas:Livro de Tobias (200 a.c) – Relata a história de Tobiel que era pai de Tobias, e alguns milagres realizados por um anjo chamado Rafael este livro ensina que podemos ser justificados pelas obras 4:7-11; 12:8; Os santos são mediadores 12:12; Superstições 6:5,7-9, 19; Um anjo engana Tobias e o ensina a mentir, parece piada mas está lá em 5:16-19
  • Livro de Judite (150 a.c) – História de uma linda viúva heroína que salva sua cidade de um general inimigo decapitando-o. Esse livro já é uma heresia por si só.
  • Baruque (100 a.c) – O livro começa dizendo que foi escrito por Baruque, cronista do profeta Jeremias, exorta os judeus sobre a destruição de Jerusalém, mas a data do escrito é muito posterior a da segunda destruição. Ensina a interseção pelos mortos 3:4.
  • Eclesiástico (180 a.c) – Livro parecido com o de provérbios, porem cheio de heresias. Ensina a justificação pelas obras 3:33,34, tratamento de crueldade com os escravos 33:26,30, 42:1,5, ensina a odiar os Samaritanos 50:27,28
  • Sabedoria de Salomão (a.d) – O objetivo desse livro era a luta contra incredulidade e idolatria do epicurismo. Ensina heresias como que o corpo é a prisão da alma 9:15, ensina estranhamente a origem e o destino da alma 8:19,20 a Salvação pela sabedoria 9:19
  • 1 Macabeus (100 a.c) – Conta a história de 3 irmãos que lutam contra inimigos dos judeus com o objetivo de preservar o seu povo na terra.
  • 2 Macabeus (100 a.c) – Não é a continuação do primeiro livro, mas outro, lotado de histórias bizarras e fantasias. Ensina a oração pelos mortos 12:44-46, Culto aos mortos 12:43, o próprio autor fala que não é inspirado 15:38-40, 2:25-27, intercessão pelos santos 7:28, 15:14
  • Acréscimos ao livro de Daniel – Cap 13 conta a história de Suzana, é uma lenda que diz que Daniel a salva num julgamento baseado em falsos testemunhos. No Cap 14 pode parecer brincadeira mas relata histórias sobre a necessidade da idolatria. No Cap 3:24-90 relata o cântico dos jovens na fornalha.

Como vimos, existem varias heresias nestes livros, vários exageros que nós como cristãos não devemos aceitar. Por isso rejeitamos os estes livros.

Lauro César B. Serrano

  1. 15 de junho de 2017

    Muito bom !!!!
    Deus abençoe !!!

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

© 2016 Evangelho Inegociável | porAgente Host.
Topo
Siga-nos:             
error: Content is protected !!