O que é o Unicismo-

Deus é um ser único, porém em sua unidade existem três pessoas distintas, os três são da mesma natureza e poder, são estes o Pai, Filho e Espírito Santo.

Infelizmente hoje, há muitos cristãos unicistas. Mas o que prega a doutrina Unicista? Eles pregam que há somente um Deus e que Jesus é Deus, sendo assim, para os unicistas Jesus Cristo é Deus totalmente, isto é, Jesus é o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Negando assim a doutrina da Trindade.

Há muitos séculos a Igreja ensina que existe na unidade divinal três pessoas distintas: O Pai, Filho e o Espírito Santo que possuem a mesma natureza e poder. Já o unicismo diz que Jesus é o Pai e também o Espírito Santo.

O que a Bíblia diz…

Jesus é o Pai?

Não. Geralmente os unicistas usam Isaias 9:6 para “provar” que Jesus é o Pai, pois um dos títulos de Cristo é Pai da Eternidade, isso deve se ao fato de que Jesus sempre existiu concordando com João 1:1 e João 17:5 e reforçado em 1Pe 1:3.

Os unicistas usam também outros versículos…

“Eu e o Pai somos um”. João 10:30

Se Jesus estivesse dizendo que era o Pai teria dito Eu sou o Pai, não é o caso do verso em análise “Somos” (Gr. Esmen), é a primeira pessoa do plural. O que Jesus estava dizendo é que assim como o Pai Ele também é Deus, não que é o Pai.

“Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta. Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?” João 14:8,9

Neste verso em nenhum momento encontramos Jesus dizendo que é o Pai. Também podemos conferir em João 5:43 Jesus dizendo que veio em nome do Pai.

O Espírito Santo é Jesus?

“Portanto, eu vos digo: Todo o pecado e blasfêmia se perdoará aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada aos homens. E, se qualquer disser alguma palavra contra o Filho do homem, ser-lhe-á perdoado; mas, se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste século nem no futuro”. Mateus 12:31,32

Encontramos aqui mais uma prova de que o Espírito Santo e Jesus não são a mesma pessoa, se assim fosse, a blasfêmia contra o Filho não seria perdoada e não é isso que está escrito nessa passagem.

Jesus ainda disse que Ele rogaria ao Pai que enviasse o outro Consolador:

“E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre”; João 14:16

“Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir.” João 16:13

Concluímos portanto que o unicismo é um movimento antibíblico, pois nega a gloriosa doutrina da Trindade. Chegam ao ponto de dizer que essa doutrina se sustenta com a Bíblia, porém não é o que aprendemos analisando as passagens acima.

Que Deus nos ajude na pregação do Evangelho de Cristo e possamos mostrar em amor a razão da esperança que há em nós (1Pe3:15).

Lauro César B. Serrano

  1. 27 de agosto de 2017

    Muito interessante

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

© 2016 Evangelho Inegociável | porAgente Host.
Topo
Siga-nos:             
error: Content is protected !!