O que é a Conversão a Deus -

Através dos séculos, as pessoas têm vindo a Deus por diversos caminhos. A história de cada pessoa é única, mesmo que tenha pontos em comum com outras pessoas. Algumas vezes o encontro é rápido e inesperado, outras vezes é preparado por um longo caminho de busca, dúvida e desilusão. Ocasionalmente Deus se revela de forma imprevista; e por vezes descobri-lo é um caminho de constante descoberta.

Algumas pessoas O encontram na juventude ou na infância, outras já adultos ou idosos. Não há duas pessoas que tenham chegado a Deus da mesma forma.  Contudo, encontramos pontos em comum nesse processo.

Somos por fim, todos, pessoas buscando um sentido na vida (que somente tem sentido em Cristo). Ainda que os caminhos escolhidos talvez nos levem para longe de Deus, curiosamente o Senhor sempre encontrará um modo de nos ajudar a encontrá-lo. Essa descoberta pessoal nada mais é do que uma realização Do próprio Deus, revelando-se a nós. Por isso o salmista clama

“Ó Deus, tu és o meu Deus, eu te busco intensamente; a minha alma tem sede de ti! Todo o meu ser anseia por ti, numa terra seca, exausta e sem água” (Salmos 63:1). Deus é o mesmo para todos os povos, Ele é o Senhor Deus, Todo-poderoso, Criador do Céu e da Terra.

A conversão é sempre um milagre e um dom, seja repentina, inesperada ou gradual. Tem gente que busca por algo durante toda a vida antes de ir até Deus, porém não é o indivíduo que descobre a Deus. Em vez disso, devemos compreender, DEUS É QUEM CAPTURA O INDIVÍDUO. O desejo de busca é parte da própria jornada de encontro com Deus. O Senhor se aproxima do Seu povo com o desejo de ser encontrado.

Agostinho, por exemplo, passou por muitas situações na busca pela verdade. Ele passou muito tempo lendo muitos filósofos e teólogos antes de compreender, já com trinte e três anos, que não podia viver sem Deus. Hoje, em pleno século 21, as pessoas começam sua busca de formas diferentes, por necessidades, emoções, amizades etc. Todavia, isso as leva a conceitos e ideias abstratas de “verdade”, que vêm através das suas muitas (mas vazias) experiências ou experiências de outros. Outras pessoas buscam em livros antes de chegar à autêntica revelação do Deus pessoal. Alguns indivíduos acabam chegando à Igreja através de caminhos tortuosos, por meio de seitas e, inclusive, outras religiões.

Por outro lado, há aqueles que somente através de uma tragédia ou trauma pessoal, tais como a perda do ser amado, uma enfermidade, um colapso, ou a desilusão das expectativas, finalmente acordam. Afinal, em meio às desgraças sentimos nossa pobreza profundamente, através da realização de que temos perdido todas as coisas e não temos mais nada ou ninguém a quem ir… exceto Deus. Somente então é que nos encontramos, clamamos a Deus “de profundis”, das profundezas (Salmos 130.1), do lugar da mais profunda angústia e dor.

É preciso notar que a conversão também pode chegar como resultado de o indivíduo conhecer um verdadeiro cristão (e não estamos falando de alguém com um cargo ou função na Igreja). Não são poucas as vezes que as pessoas chegam até Deus através do seu próprio povo.

Finalmente, há o que tem sido um modo “natural e orgânico” para alcançar a Deus: ser o filho de uma família cristã e crescer como um cristão. Aqui também a fé recebida através das nossas famílias tem que ser amadurecida por meio do pensamento e vivências pessoais. A Fé deverá ser pessoal e real na vida do indivíduo, por sua própria experiência. Há muitas pessoas de famílias cristãs que acabam rompendo os seus laços com a fé dos seus antepassados, porque o encontro milagroso com Deus não ocorre. Como isso acontece, não é possível compreender.

O que temos certeza é que ninguém é nascido “crente”. A Fé é um presente de Deus, uma dádiva maravilhosa. E nós somente podemos recebê-la com a única certeza de que temos recebido muito, muito mais do que jamais poderíamos imaginar.

Bispo Josep Rossello

Fonte: Café Com Bispo

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

© 2016 Evangelho Inegociável | porAgente Host.
Topo
Siga-nos:             
error: Content is protected !!