tatuagem

Esse tema sempre foi muito polêmico, por isso recebemos muitas perguntas sobre o assunto, e mesmo que possa ser explicado, sempre haverá muitos que concordam e outros tantos que a condenam.

Tentarei ao máximo não escolher um lado a qual defender, vamos ver apenas o que as escrituras diz a cerca disso.

A verdade é que a bíblia não fala sobre, o versículo mais usado pra condenar a prática é;

 levítico 19:28 “Pelos mortos não ferireis a vossa carne, nem fareis marca alguma, EU SOU o Senhor”

No entanto esse verso não pode ser utilizado como garantia total de que tatuagem é pecado. Entenda que usar esse único versículo isolado, sem conhecer o contexto ou obedecer apenas ele e negligenciar os outros também não é certo, sendo que isso ainda é referente a Lei, dada ao povo judeu e unicamente para eles em específico, com propósito de tratar da característica, já que viam do Egito após viver longos séculos naquela terra.

Fica claro que as marcações era atos em adoração a deuses, costumes provavelmente egípcios, que criam em sacrifícios de luto para que pessoas entrassem em um “mundo dos mortos” . Por isso o verso acaba com “EU SOU O SENHOR” a mensagem principal era afirmar que o Senhor é o único Deus, e só a ele prestamos culto!

Outro versículo similar pode ser levado em comparação como;

Jeremias 16:6 “Nesta terra, morrerão grandes e pequenos e não serão sepultados; não os prantearão, nem se farão por eles incisões, nem por eles rasparão a cabeça”

Então deixamos claro que tatuagem NÃO é pecado.

Os adeptos a tatuagem, defende a mesma com o versículo de apocalipse 19:16

” Tem em seu manto e na sua coxa um nome escrito: Rei dos Rei e Senhor dos Senhores”

Que sinceramente não é o melhor versículo pra defender o uso da mesma.

Esse verso reflete a soberania de Jesus sobre as nações, “Tem em seu manto e na sua coxa” da a entender que é algo de pano, como uma faixa, como um selo, uma patente de um general!

Chegamos ao ponto de que, na bíblia não encontramos nada que apóie e nem que condene! Mas um Cristão deve ter uma boa conduta cristã, uma doutrina irrepreensível, pois somos cartas vivas lidas por nossos irmãos.

A tatuagem em si pode não ser pecado, mas pode trazer alguns erros, fora as consequências de uma vida inteira marcada.

Você tem que saber exatamente o que está fazendo. “porque? onde? e o quê?” são perguntas que deve acompanhar quem deseja fazer uma, pois a palavra ensina que não devemos causar escândalo. (Mateus 18:7) Que não podemos ser pedra de tropeço pros nossos irmãos (1 Coríntios 10:32) e que tudo que façamos deve ser feito para a glória de Deus (1 Coríntios 10:31):

“Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus”

Esse princípio citado pelo apóstolo Paulo deve ser aplicado em absolutamente todas as nossas ações – inclusive quando se decide fazer uma tatuagem. Se ela está relacionada apenas à vaidade, ou se é um ato de rebeldia contra algo ou alguém, ela não deve ser feita, pois não será para a glória de Deus. O Senhor leva muito em consideração a motivação em que fazemos nossas escolhas, pois Ele sabe que uma motivação errada fatalmente nos levará para o caminho errado. Então, antes de se tatuar você precisa se perguntar:

“A minha decisão de fazer uma tatuagem vai glorificar o nome do meu Deus?”

“Meus pais autorizaram?”

“Minha igreja e meus irmãos na fé não vão se escandalizar?”

“Tenho idade suficiente e não vou infringir nenhuma Lei?

Se todas essas respostas for positiva, ore a Deus, e que seja da paz com ele o seu juízo (Cl 3:15)

Bia Machienzle

  1. 26 de abril de 2016

    Muito bom o artigo, parabéns pelo esclarecimento, também penso assim, se é pra promover o reino, não tem nada de errado, porém, com decência e ordem

  2. 20 de agosto de 2016

    Muito bom o artigo mas sinceramente creio que Deus não aprova que façamos tatuagem em nossos corpos porque isso é uma coisa que o mundo faz isso é modismo do mundo

    • 22 de agosto de 2016

      Você pode até crer nisso, mas não pode afirmar que está na Bíblia. É apenas uma opinião pessoal que respeitamos.

  3. 5 de junho de 2017

    Correto, mas se é um modismo intrínseco ao mundo, devemos lembrar que a bíblia deve ser aplicada em todo seu contexto e não em versículos isolados, ou seja, a ordem de não amar o mundo é o que está no mundo contém também os modismos, desta forma, a tatuagem sendo inserida nos costumes mundanos, é sim pecado à luz das Escrituras, principalmente ao considerarmos o que é a concupiscências.

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

© 2016 Evangelho Inegociável | porAgente Host.
Topo
Siga-nos:             
error: Content is protected !!