Não Desperdice Sua Fraqueza

*Texto de John Piper

No próximo ano, encorajo-vos a identificar e explorar as vossas fraquezas para a glória de Cristo. Gostaria de lhe dar uma ilustração da minha própria vida, mas primeiro deixe-me esclarecer o que quero dizer.

Desde 2007, milhões de pessoas leram livros e artigos feitos para encontrar nossas forças. Estes são úteis para posicionar pessoas em lugares de máxima eficácia. O trabalho de Deus em nossas fraquezas. Mas estou chamando você para dar atenção e esforço para encontrar suas fraquezas e maximizar o seu propósito dado por Deus. A Bíblia nos diz qual é o propósito em 2 Coríntios 12: 7-10. “Paulo tinha recebido um espinho na carne “, que era um exemplo de uma “ fraqueza”. Por quê?

“E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar. Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim. E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte.”

Paulo menciona quatro propósitos para suas fraquezas.

“Para me impedir de ficar presunçoso” (versículo 7).

“O poder de [Cristo] se aperfeiçoa na fraqueza” (versículo 9).

“Para que o poder de Cristo repouse sobre mim” (versículo 9).

“Quando sou fraco, então sou forte” (versículo 10).

A humildade de Paulo e o poder de Cristo

Mesmo que esta fraqueza do espinho é chamado de “um mensageiro de Satanás”, os propósitos claramente não são de Satanás. Satanás não quer que o poder de Cristo seja perfeito! Deus faz. Então Deus está anulando o design de Satanás com o seu próprio. Em outras palavras, de onde vierem as fraquezas do cristão, elas têm um propósito dado por Deus. Não são fortuitos.

Podemos resumir o propósito da fraqueza de Paulo assim: proteger a humildade de Paulo e mostrar o poder de Cristo. É por isso que Deus se certificou de que Paulo tinha fraquezas: para evitar que ele se tornasse “vaidoso” e para lhe dar uma experiência mais óbvia do poder de Cristo repousando sobre ele.

Um Objetivo para 2017

Qual é o seu objetivo para o próximo ano? Espero que seja ser humilde e magnificar o poder de Cristo. Se for, então uma estratégia chave é identificar e explorar suas fraquezas.

O que isto significa? Negativamente, significa que paramos de reclamar (a Deus e às pessoas) sobre as coisas em que não somos constitucionalmente bons. E, positivamente, isso significa que procuramos maneiras de transformar nossas fraquezas em uma experiência exaltadora de Cristo. Quando eu digo “constitucionalmente não é bom em”, quero dizer que temos feito o nosso melhor para superar a fraqueza, mas não podemos. Deus ordenou que, por meio da genética ou da experiência de vida, somos limitados, quebrados, fracos. Paulo pediu que Deus tirasse sua fraqueza (verso 8), mas Deus disse que não. O que significa que, mais cedo ou mais tarde, devemos parar de orar contra a fraqueza e aceitá-la como o projeto de Deus para a nossa humildade e a glória de Cristo.

O que isso significa para mim

Vou usar-me como um exemplo simples. Eu leio devagar – quase tão rápido como eu falo. Muitas pessoas leem cinco ou dez vezes mais rápido do que eu. Eu tentei por anos para superar esta fraqueza, com aulas especiais e livros e técnicas. Depois de cerca de duas décadas de lamentar essa fraqueza (de 17 a 37 anos), eu vi que não haveria mudança. Esta é uma das razões pelas quais deixei o ensino universitário e a vida acadêmica. Eu sabia que nunca poderia ser o que os estudiosos deveriam ser: amplamente lido.

O que significou para que eu pudesse identificar e explorar esta fraqueza? Significava primeiro que eu aceitasse isso como o projeto de Deus para minha vida. Eu nunca vou ler rápido. Significava que parei de me queixar. Significava que eu levo o meu amor por ler e fazer com ele o que posso para a glória de Cristo. Se eu puder ler somente lentamente, farei todo o possível para ler profundamente. Vou explorar a lentidão. Pedirei a Jesus que me mostre mais lendo pouco do que muitos vêem lendo muito. Pedirei a Jesus que amplie seu poder fazendo com que minha lentidão seja mais frutífera do que a velocidade.

Ao perceber que não consigo ler muitos livros, espalharei meu escopo limitado na leitura de um livro melhor do que qualquer outro: a Bíblia. Se eu tiver de ler menos livros, então vou ler mais cuidadosamente o maior livro.

Aproveite suas fraquezas

Agora, depois de todos esses anos, digo com Paulo: “Eu me gloriarei mais alegremente das minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse sobre mim” (versículo 9). Cristo foi fiel para cumprir seu propósito. Ele se engrandeceu nesta fraqueza. Se eu tivesse ressentido com raiva de Deus todos esses anos que ele não me deixasse ser um erudito compreensivamente bem-lido, eu não teria explorado essa fraqueza. Eu teria desperdiçado.
Portanto, este ano, não se concentre muito em encontrar seus pontos fortes. Dê atenção à identificação e exploração das suas fraquezas. Deus não lhes deu em vão. Identifique-os. Aceite-os. Explore-os. Amplie o poder de Cristo com eles.

Não desperdice suas fraquezas.

Traduzido por Camila Plens
Original: Don’t Waste Your Weaknesses, John Piper.
www.desiringesiringgod.com

  1. 15 de fevereiro de 2017

    BENDITO SEJA O NOME DO NOSSO SENHOR. QUERO ENCORAJAR A TODOS VOCÊS A CONTINUAR COM ESSE MARAVILHOSO TRABALHO, POIS TENHO SIDO MUITO EDIFICADO. DEUS LHES ABENÇOE EM TUDO. MUITO OBRIGADO
    PAZ

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

© 2016 Evangelho Inegociável | porAgente Host.
Topo
Siga-nos:             
error: Content is protected !!