Nada Está Oculto

Hoje quero trazer, pela Misericórdia e Graça de Deus, uma reflexão para o nosso coração usando um versículo em Hebreus.

Quantas vezes você, eu, nós já ouvimos alguém dizer (até nós mesmos já dissemos) se referindo a outras pessoas que estavam a fazer algo errado, inapropriado ou preocupante que seja, e dissemos o seguinte: – “não há nada em oculto que não seja revelado”?

Tenho certeza que não foram uma, duas e nem três mas, várias vezes que ouviu isso. Sabe o que é mais interessante nisso tudo? Eu nunca ouvi ou se ouvi, foram raras as vezes e apenas a título de “auto defesa”, alguém dizer isso a respeito de sua própria vida!

Sabe por que? Porque quando se trata das obras dos outros não nos importamos se serão ou não expostas e, se de alguma forma o que o outro faz nos afeta de maneira prejudicial, muitas vezes, queremos mais é que seja exposto.

No entanto queridos, a mesma Luz que torna a vida do outro e suas obras nuas e patentes diante de Deus também recai sobre nós de igual forma e, sendo você um cristão (ã), de forma ainda maior e mais eficaz.

Este versículo que trago gera conforto? Certamente que gera; mas, gera muito mais temor e tremor (deveria).

Deus está nos vendo a cada momento, segundo de nossas vidas; Ele não cochila ou mesmo dorme e sequer pisca; Ele é Soberano e Seu Poder e Majestade são infinitamente Imensuráveis; Deus é Santo e não suporta o pecado.

O contexto deste versículo é uma chamada para a obediência, para viver conforme a fé que recebemos e nos lembrarmos daqueles que, por desobediência mesmo diante dos maravilhosos e milagrosos feitos de Deus no deserto, permaneceram duros e desobedientes e não entraram na Terra Prometida, no descanso do Senhor.

Hoje há uma oportunidade, uma chance única para mim e para você. Sim, única e última, pois, igual a de hoje não virá amanhã e nem tivemos ontem.

Este é o dia que O Senhor fez e que nEle, no próprio Senhor, possamos nos alegrar, louvar e agradecer, pois nosso Salvador, Sumo Sacerdote Jesus Cristo, experimentou a condição que vivemos, porém sem pecado, foi sacrificado para, de uma vez por todas, nos perdoar os pecados e nos dar entrada para o descanso eterno com nosso Deus.

Sim, todos os pecados que eu e você cometemos, por mais ocultos que estejam ou estiveram um dia em nossos corações, passou claro diante do conhecimento de Deus.

Mas, ah, que Graça é essa que nos alcança? Que paz é essa que guarda como brava sentinela incansável o nosso coração? Esta paz vem da certeza que Ele, apesar de nós, nos chamou e salvou para Sua Glória por intermédio de Cristo.

“Pode acaso estes ossos secos reviverem? -Tu o sabes Senhor.”

Por mais condenável que seja nossa situação, por mais repugnante que você e eu já nos sentimos, O Amor de Deus nos alcança na lama mais densa e Sua Luz nos ilumina e Ele nos transporta das trevas para Sua Maravilhosa Luz.

Que ao ler, ouvir A Palavra de Deus você receba Fé, sim, receba a Fé como ela é: um presente, um Dom dado por Deus por meio da Sua Palavra. E que ao crer você possa sentir paz e ter a certeza de estar limpo mesmo depois de ter vivido como um porco (comendo lavagem e se banhando na lama do pecado).

Eu escrevo essa reflexão com a convicção e como testemunha viva de que Ele chama os doentes e os cura da doença mais mortal que já existiu: a escravidão do pecado.

Ele se compadece de nossas fraquezas, Ele tem misericórdia e nos socorre em nossas necessidades. Que possamos, também com Sua ajuda (sem a qual seria impossível), pelo Espírito Santo, viver em obediência, temor e tremor diante de Deus.

Segue o versículo:

“E não há criatura alguma incógnita aos olhos de Deus. Absolutamente tudo está descoberto e às claras diante daquele a quem deveremos prestar contas.” Hebreus 4:13

Que Deus nos abençoe.

Com carinho!

Priscilla Zanin Feliciano

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

© 2016 Evangelho Inegociável | porAgente Host.
Topo
Siga-nos:             
error: Content is protected !!