expulsar

Essa frase ecoou nos púlpitos Cristãos, ao longo dos séculos informando que certas possessões só eram libertas por pessoas que estivessem em jejum, embora muito pregado nos púlpitos pentecostais e neo-pentecostais, não há quem não tenha ouvido isso pelo menos uma vez. A início essa lógica de obrigatoriedade de estar em jejum é equivocada pelo fato de condicionar o poder do Nome de Jesus a um Jejum. Como se o Jejum em si mesmo concedesse mais poder para quem tenta expulsar algum demônio.

Mas o que as escrituras falam sobre isso?

Certa vez Jesus foi questionado pelos discípulos de João Batista sobre o fato deles e os fariseus jejuarem e os discípulos de Jesus não.

Mateus 9:14 – 15 a seguinte passagem:

“- Então, chegaram ao pé dele os discípulos de João, dizendo: Por que jejuamos nós e os fariseus muitas vezes, e os teus discípulos não jejuam? E disse-lhes Jesus: Podem porventura andar tristes os filhos das bodas, enquanto o esposo está com eles? Dias, porém, virão, em que lhes será tirado o esposo, e então jejuarão”.

Na passagem acima Jesus deixa claro que após o esposo (ele mesmo) ser retirado os discípulos jejuariam, mas enquanto Jesus estivesse com eles, não tinha necessidade deles jejuarem.

O fato curioso é que em Mateus 17: 15 – 18 lemos uma passagem onde um homem cujo filho era atormentado por espíritos malignos, procurou a Jesus pois os apóstolos não puderam curá-lo.

O texto diz o seguinte:

“Senhor, tem misericórdia do meu filho. Ele tem ataques e está sofrendo muito. Muitas vezes cai no fogo ou na água. Eu o trouxe aos teus discípulos, mas eles não puderam curá-lo“. Respondeu Jesus: “- Ó geração incrédula e perversa, até quando estarei com vocês? Até quando terei que suportá-los? Tragam-me o menino”. Jesus repreendeu o demônio; este saiu do menino que, daquele momento em diante, ficou curado.”

No mesmo capítulo no versículo 21 Jesus fez a seguinte afirmação aos discípulos:

“- Mas esta casta não se expulsa senão pela oração e pelo jejum.”

(significado de Casta :  Na biologia, casta é um GRUPO DE INDIVÍDUOS que pertencem a uma espécie animal ou vegetal e QUE POSSUEM CARACTERÍSTICAS SEMELHANTES transmitidos por hereditariedade, como uma atitude semelhantes realizadas por várias pessoas .

Talvez você não tenha percebido a aparente contradição entre os textos. Se essa casta de demônios só saia com oração e jejum, sendo que conforme o próprio Jesus seus discípulos não podiam jejuar, como Jesus queria que estes expulsassem esse demônio?

A resposta a essa aparente contradição está no próprio contexto de Mateus. Jesus chama os discípulos de “geração incrédula” pois estes não conseguiram expulsar o demônio. Como sabemos que Jesus se referia aos discípulos? Porque no versículo 20, Jesus afirma novamente que os discípulos foram incrédulos.

Em Mateus 17:19 – 20

“- Então os discípulos, aproximando-se de Jesus em particular, disseram: Por que não pudemos nós expulsá-lo? E Jesus lhes disse: Por causa de vossa incredulidade; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível.”

Ou seja, os discípulos não expulsaram o demônio devido sua falta de fé, e não pelo fato de não estarem jejuando.

Fica esclarecido então nesse contexto que Jesus não estava exigindo um jejum para que os demônios fossem expulsos mas para que a incredulidade de todos eles saíssem de dentro de sí, então quando a fé fosse suficiente, até os montes se moveriam de lugar.

Bia Mesquita

  1. 31 de maio de 2018

    Há algo muito simples para percebermos nisso (Romanos 12:2 e Filipenses 4:8); assim como jejum natural é abster-se total ou numa dieta alimentar de sub-alimentos que tanto prejudicam. Como espirituais, devemos abster-nos de tudo o que alimenta carnalidade de nossa alma, isto é; esvaziar-se de todo alimento carnal; murmuração, palavras torpes, imoralidades e pornografias comportamentais (avareza, soberba, luxúria, inveja, oportunismo, cobiça, manipulação e intimidação, falta de domínio próprio), vícios; não apenas do álcool, drogas, cafezinho ou chocolate; principalmente da corrupção, falácias, fofocas, filmes e novelas doentias, etc) Jejum é esvaziar-se a si mesmo… (Isaías 58). Oração é relacionamento com intimidade com DEUS,

    • 22 de agosto de 2018

      Pedro, concordo totalmente com você. É sobre o alimento que damos ao nosso espirito, o jejum do qual fala nosso amado Jesus.

  2. 2 de junho de 2018

    Bom dia !
    Diante da situação e do contexto ficou claro que a expulsão do espírito maligno não se deu pela incredulidade e mesmo assim querem associar ao jejum.
    Querem acreditar mais no fato de o jejum é maior que a fé ?
    Marcos 16:16-18 fala em crer e em
    Mateus 17, 17 fala geração incredúla , 19 perguntam 20 a resposta ” por causa da vossa pequena fé.
    Muitos deveriam está preocupados como curar a incredulidade quem impede que tais sinais ocorram com mais frequência.
    A oração cura isso , os discípulos foram perguntar a Jesus por que fracassaram, aprenderam e fizeram grandes coisas.
    “Aquele que crer obras ainda maiores fará”
    Jesus acredita mais em nós do que nós nEle .

  3. 9 de junho de 2018

    Quando se está com jejum, os sentidos ficam mais apurados. Ex; os animais quando vão caçar tem uma melhora na visão, olfato, atenção. E isso funciona com o ser humano também, em jejum nossos sentidos ficam mais altos, facilitando nossa concentração na oração, ou seja, você ora com mais fé.

  4. 6 de outubro de 2018

    gosta fia de saber se paga a alguma cosa ,eu ja sou evagelico da asenblei de ministerio adebras mais gosto muinto de faser etudos avansados emclusive acho as igrejaestao devendo algumas coisa por exemplo dar muinto emcino primeirodar esttudo, sobre o lar e a familhia que aonde o diabo tem mais afetado ele sabe que afetando e oalicerso do homem cuando corompe este alicerso ai destroi a familhia enteira p pai cai no alcolismo segudo abismo as drogas terceiro protituiçao total emtre filhas e filhos no mesmo caminho que qer dizer cim esto destruiçao total o final de tudo esto prisao e morte / a igreja e devedora de tudo esto la vem mais a palavra em cartas aos hebreus nao devemos ser mais menino e cim ser alimentados de solidos mantimento esto e para os perfeitos leitimhos e para criancihas ebreus 5 v11a 14e ref,tambem colocensse 1v9 prove ref,/ outrocim como buscar o batismo com espito santo para ser revestido de poder efesios 6v10em diante nosso irmao amado paulo nos dar uma liçao completa sobre estas coisas / vejamos nos dia de hoje so se pregasoes no velho testamento acho maravilhoso esto emuinto bom mais nao podemos escuecer do novotestamentod graça do senhor salvador jesus cristo pois ele propio tudo qui e velho fica mais velho prperto esta de acabar temos que olhar para as coisas que estao de frente, a muintas coisas que queria escrever mais tenho compromisos para resover e estasdeus tem falado com migo e muintas outra coisas qua nao dar tempo escrever agora tenho compromiso daqui a pouco rogo pois da parte de deus nosso senhor jsus cristo que abesoi e de muinta saude e livre do mal todos os leitores desta mensage

    • 7 de novembro de 2018

      Pra mim o texto em nenhum momento é contraditório. Jesus era o Filho de Deus, já havia jejuado 40 dias, retiravasse todas as noites para orar….Jesus tinha uma comunhão com o Pai. A fé é imprescindível para expulsão demoníaca, mas existe legiões, grupos, castas que necessitam de uma vida de abnegação, com jejuns e relacionamentos com Deus; como foi a vida do nosso senhor, senão fosse isso os filhos de cevas teriam expulsados aqueles demônios.
      Isso não quer dizer que tão somente alguém jejuar somente poderá enfrentar um demônio, mas acaso esse indivíduo só tentaria expulsar o demônio se tivesse uma fé….isso sim é contraditório.
      Uma vida de jejum e oração é obrigação de todo cristão convertido….não historiador!!!!
      Acredito que poucos teve essa experiência de está diante de uma pessoa possessa. A fé em Cristo, e usado em nome dele o demônio sairá, mas tem alguns que custam a sair….não obedecem mesmo usando o nome de Jesus…. são as castas..
      Quando seu nível de carnalidade estiver próximo do zero as chances de obter êxito aumentam.

  5. 3 de novembro de 2018

    Não há muito o que se debater
    Jesus também falou de ORAÇÃO e JEJUM em Mateus 6. O apóstolo Paulo fazia jejum, e disse que cônjuges não devem-se afastar senão para orarem e jejuarem, por algum temp apenas e logo devem-se juntar novamente, para que, pela incontinência, não Satanás não encontre ocasião. O salmista, no Salmo 50, disse que SE HUMILHOU COM JEJUM.
    Enfim, oração e jejum são consagração, santificação, obediência, aquebrantamento, disciplina do corpo e da mente, autoridade espiritual; e todas essas coisas nos fortalecem para as batalhas espirituais (Efésios 6.10…; 1°Pe.5.8). Então, certas castas de demônios só serão expulsas por cristãos que oram e jejuam compromissadamente.

  6. 5 de novembro de 2018

    Irmãos amados, boa noite! Além da abordagem sobre a questão da fé é importante destacar que o texto citado em Mateus 17:21, consta em diversões versões entre colchetes, significando, que é um comentário adicional do copista. Em algumas versões sérias como a Bíblia espanhola Reina Valera e outras sérias como a King James, este texto nem consta, pois não está no original em grego. Infelizmente a SBB mantém este texto, gerando uma histórica confusão e interpretação equivocada das mais diversas.

    Abraços

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

© 2016 Evangelho Inegociável | porAgente Host.
Topo
Siga-nos:             
error: Content is protected !!