Como Spurgeon Organizava Sua Semana

Em 57 anos, Charles Spurgeon teve três vidas de ofícios. Toda semana ele pregava de quatro a dez vezes, lia seis livros grandes, revisava sermões para publicá-los, lecionava, editava uma revista mensal. Somente em seu tempo livre, ele escreveu cerca de 150 livros.

Spurgeon pastoreava a maior mega-igreja Protestante do mundo (ele conhecia o nome de todos os 6,000 membros), foi diretor de de um seminário teológico, dirigiu um orfanato e supervisionou 66 instituições cristãs de caridade.

“Eu gostaria de poder dizer que não desperdiçamos nem uma hora do nosso tempo, nem uma hora do tempo de outras pessoas.”

Spurgeon também foi pai e marido. Ele nunca sacrificou sua família por causa do ministério.

Então, como o príncipe dos pregadores planejava a sua semana? Aqui está como o dia-a-dia de Spurgeon parecia ser (retirado de sua autobiografia):

Segunda-feira

Acordo cedo, reviso o sermão transcrito de domingo;

Escrevo e dito cartas e correspondências pessoais;

Depois do almoço, completo a revisão do primeiro esboço do sermão para enviar à impressão;

Das 17:30 até às 19:00, conduzo a oração no Tabernáculo;

Conduzo entrevistas para adesão de membros no Tabernáculo;

Terça-feira

Acordo cedo, reviso o segundo esboço do sermão;

11:00, completo a revisão do segundo esboço, envio o sermão para impressão;

Almoço, pesquiso/escrevo livros, artigos de revista, e outras obras literárias;

Durante a tarde, dou cuidado e aconselhamento pastoral no Tabernáculo;

A noite, presido as sociedades do Tabernáculo e instituições de caridade.

Quarta-feira

Realizo um período sabático muito necessário no meio de semana;

Passo um tempo com Susannah, Charles e Thomas;

Contemplo o jardim ou leio algum estudo;

Relaxar.

Quinta-feira

Acordo cedo, escrevo ou dito cartas e correspondências pessoais;

Começo a pensar a respeito de um texto da Escritura para o sermão de amanhã de manhã;

De tarde, escrevo e edito livros e outros projetos literários;

Completo a revisão final do sermão, envio para impressão e distribuição;

Depois do jantar, inicio a preparação do sermão para culto noturno

18:00 às 19:00, prego no culto noturno na sala de aula do Tabernáculo.

Sexta-feira

Acordo cedo, preparo a preleção sobre pregação para os estudantes da Escola de Obreiros;

15:00 às 17:00, palestro duas horas no colégio do Temple Street (que ficava atrás do Tabernáculo);

Entrevisto e mentoreio estudantes;

19:00, vou para reunião no Tabernáculo;

Sábado

Café da manhã, trabalho com um secretário na revisão e edição de livros para a publicação;

Trato com o secretário projetos pendentes para a próxima semana;

A tarde, acolho alguns convidados no jardim se o tempo está favorável;

18:00, dispenso os convidados após o jantar

“Agora, queridos amigos, devo despedí-los deste estudo; Vocês sabem a quantidade de galinhas que tenho para depenar, porque quero dar uma boa refeição amanhã.”

22:00 às 00:00, preparo o sermão do próximo dia:

Seleciono o texto da Escritura;

Peço para minha esposa ler o texto da Escritura em voz alta;

Divido o sermão mentalmente em pontos enquanto ela lê;

Rabisco os pontos num pedaço de papel com tinta roxa.

Domingo

Acordo cedo, caminho até o Tabernáculo (jornada de 15 a 20 minutos);

Fumo um charuto “para a glória de Deus”;

Chego 30 minutos antes para o serviço ministerial;

O culto de adoração começa:

Chamo para a adoração e faço anúncios;

Cantos congregacionais do nosso próprio hinário (somente acapella, sem instrumento);

Leio o texto das Escrituras enquanto ofereço exposições em seus devidos contextos;

Bebo vinagre de pimenta, caso minha garganta fique irritada;

Concluo o culto (sem chamadas para o púlpito, mas fico disponível para “sala de consulta”).

De tarde, cumprimento os visitantes na paróquia pastoral;

No final da tarde, vou para a casa de Westwood, em Beulah Hill, Norwiid;

Começo a preparação do sermão para o culto evangelístico da noite;

Prego o sermão no Tabernáculo;

Vou para casa e descanso para a próxima semana

Uma palavra final

David Livingstone, um missionário na áfrica, perguntou para Spurgeon>

“Como você consegue fazer tanta coisa em um único dia?”

“Você esqueceu, Sr. Livingstone,” Spurgeon respondeu, “há dois de nós trabalhando.”

Tradução livre Matheus Doresbach

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

© 2016 Evangelho Inegociável | porAgente Host.
Topo
Siga-nos:             
error: Content is protected !!